Blog

Celulite: vilã ou companheira? Saiba como acabar (ou não) com ela

15 de dezembro de 2018 0

Este texto não fala sobre como acabar com a celulite. Tampouco sobre como a celulite atrapalha a sua vida. Também não fala sobre como ter um corpo perfeito. Primeiro, porque não é possível acabar com a celulite.

Isso mesmo. Até hoje não foi encontrado tratamento 100% eficaz na correção dessa “anormalidade” (vamos falar sobre isso na sequência). Segundo, porque estima-se que ela faça parte da vida da maioria das mulheres e não compromete o funcionamento de nenhum órgão, nem impossibilita quem a tem de realizar alguma tarefa. Terceiro, porque o corpo perfeito é aquele que você já tem e tudo o que você pode fazer é cuidá-lo e amá-lo.

Este texto fala, na verdade, sobre os motivos que levam a celulite a aparecer. Fala também sobre métodos que vão te ajudar lidar com a celulite, tendo em vista sua saúde e mudança de hábitos. E, finalmente, fala sobre como ultrapassar o preconceito e padrões estabelecidos na sociedade, aprendendo a se amar, independentemente de qualquer celulite, digo, de qualquer coisa. 😉 Vem!

O que é a celulite?

Chegou a hora de conhecer de perto essa moça, de onde ela vem e do que se alimenta. A celulite não é gordura! Exatamente isso que você leu. Trata-se de uma alteração da estrutura da camada inferior da pele e acontece quando há acúmulo de gordura.

É assim, oh: nosso corpo precisa de energia sempre, certo? Bom, um dos lugares onde ele armazena esses recursos é debaixo da nossa pele, na hipoderme, no tecido adiposo. Então, sempre que precisamos de energia recorremos a essa fonte, “queimando” as calorias. Essa camada pode ser maior ou menor, dependendo da alimentação, dos hábitos de atividades físicas e da propensão genética de cada um. Nas mulheres a reserva tende a ser maior, devido à distribuição do colágeno. Essa diferença é muito positiva na gravidez e durante a amamentação, pois dessa “reserva” vem o que o bebê precisa. 🙂

Debaixo desse “revestimento” – que também serve como um isolante térmico –, temos nossos músculos. Esses caras são conectados à pele por fibras que atravessam a camada de gordura. Então, quando algumas dessas fibras têm pouca elasticidade e há um acúmulo de gordura na região, a pele fica irregular, como se as fibras conectivas não conseguissem se “espichar” para manter a ligação. Essa diferença causa uma desordem na estrutura do tecido e o deixa menos homogêneo. Dá uma olhadinha nessa imagem pra compreender melhor.

Como vencer a batalha contra a celulite?

Antes de responder essa pergunta, gostaríamos de falar sobre outra coisa. Você já parou para pensar que mais de 90% das mulheres de todo o mundo tem celulite? Levando esse dado em conta, podemos dizer que é mais “normal” ter do que não ter, certo? Então, seria correto dizer que nosso corpo é perfeito do jeito que é, não é? Você não precisa responder, apenas reflita e já ficaremos felizes. 🙂

Quanto à eliminação total da celulite, podemos dizer que não existe um tratamento 100% eficaz que não envolva bisturi e bastante dinheiro. Mas sim, existem formas de amenizar o aparecimento e prevenir o surgimento dela. Para que você escolha o tratamento adequado, é importante identificar qual tipo de celulite você tem, conforme a classificação:

Grau 1: as alterações na pele só aparecem quando a pessoa aperta a região ou quando contrai a musculatura.

Grau 2: a celulite é visível sem contração da pele e tem aspecto de casca de laranja. (a gente adora laranja e você? ;))

Grau 3: a pele manifesta alterações bastante visíveis e pode haver dor no local.

Grau 4: a celulite é evidente e os nódulos são duros, podendo haver inchaço e comprometimento da circulação.

Bom, agora que você identificou a situação do seu bumbum, chegou a hora de saber o que fazer a respeito. Recomendamos que qualquer mudança na sua rotina seja feita no intuito de melhorar seu estilo de vida e para que você se sinta melhor. Se essa mudança acarretar a eliminação de gorduras, bora lá! Desde que essa vontade seja unicamente sua, e não da sociedade ou de alguém, ok?

 

Água, água e mais água

Ela é maravilhosa para tudo (desde a hidratação da pele, até o melhor funcionamento do seu cérebro) e no caso da celulite, ela vai auxiliar na eliminação das toxinas que ficam acumuladas junto com a gordura, ajudando no processo circulatório e na absorção dos nutrientes.

Alimentação é a chave

O consumo de alimentos saudáveis vai trazer tantos benefícios que a celulite acaba sendo apenas uma consequência. Fibras no geral, hortaliças e versões integrais dos carboidratos (arroz, pão) são uma ótima pedida. Em conjunto, elas melhoram o funcionamento dos intestinos e auxiliam na circulação linfática, eliminando toxinas e gorduras acumuladas.

 

Inimigos de batalha

Se você está comprometida em conquistar o território inimigo e mandar embora toda a celulite, é importante reduzir o consumo de comidas ricas em sal ou açúcar, frituras, bebidas adoçadas ou gaseificadas (adeus, refrigerante), bebidas alcoólicas e alimentos ricos em gorduras saturadas. Além de virar gordura, esses alimentos podem prejudicar a saúde da sua pele, ocasionando o aparecimento de acnes, oleosidade excessiva e aspecto mais flácido que o real.

 

Levante esse bumbum da cadeira

Exercícios físicos trazem muitos benefícios, mas muitos mesmo, para a sua saúde. Então, aproveite a oportunidade para transformar de vez sua rotina, agregando mais disposição, bem-estar permanente, sono profundo e desafios constantes. Toda atividade física, com o devido acompanhamento profissional, é muito saudável para o corpo, mas quando falamos em eliminação de gordura, há alguns bem específicos, como corrida, caminhada, bicicleta, musculação e pilates. Escolha sua preferida ou faça um combo de exercícios focados na redução da celulite! Os resultados podem te impressionar.

 

De dentro pra fora

É muito possível alcançar resultados positivos nessa batalha quando aliamos soluções. Uma forma de potencializar os efeitos é com a combinação de suplementos, cujas substâncias ampliam a capacidade de sintetização de nutrientes e aceleram os resultados desejados. Existe um montão de produtos, mas a gente só pode garantir o que é nosso, né? Descubra mais sobre nossa linha Fit 🙂

 

Colocando a mão na massa

Existem intervenções manuais que auxiliam no processo de eliminação da celulite. Entre elas, tem destaque a drenagem linfática, que melhora a circulação e ajuda a eliminar as toxinas dos tecidos. Há também massagens modeladoras que podem trazer benefícios, pois aumentam a circulação sanguínea do local. Mas só é possível ter resultados efetivos e visíveis quando forem realizadas em conjunto com mudança de hábitos alimentares, exercícios físicos e consumo de água. Ah, saiba como aliar automassagem ao uso de cremes também.

Encontre o seu jeito

Seja qual for o motivo que te leva a querer eliminar a famosa celulite, lembre-se que é perfeitamente normal ter esses furinhos, ok? Não é nada de outro mundo. O que a gente recomenda é que você observe sua saúde como um todo e foque na melhora do seu bem-estar. Sabemos também que somos bombardeadas por informações que ditam o padrão de beleza e pode ser difícil não se influenciar. Da mesma forma, podem surgir um milhão de dicas e soluções milagrosas para exterminar a celulite, mas a única pessoa que pode te dizer qual a melhor escolha é você. Então, experimente técnicas, faça testes, encontre seu jeito e observe os resultados 🙂

Nós não temos a menor dúvida de que, se você leu até aqui, está totalmente conectada com nosso conceito de vida e de saúde. Continue com a gente! 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *