fbpx

Respiração: como algo que fazemos o tempo todo pode transformar sua rotina

11 de abril de 2018 0

Já reparou como sua respiração muda (e até mesmo para) quando você abre sua caixa de email? E a última vez que algum motorista enlouquecido xingou você no trânsito? Ou quando você encheu um copo de água e tomou inteirinho, você continuou respirando normalmente? Provavelmente, não.

O problema é que, por se tratar de um processo involuntário e contínuo, não percebemos se estamos respirando bem ou se estamos ao menos respirando. As consequências de uma respiração incorreta é possivelmente a principal causa ansiedade, irritação, cansaço excessivo, sono, stress, depressão, entre outras doenças contemporâneas. Mas também, a principal e mais simples solução de todas essas patologias.

 Inspire e expire 

Não é só um título. Faça isso agora. Perceba qual parte do seu corpo se movimenta. Provavelmente a resposta é peito. Acertamos? Sim. Você acertou? Não. Já reparou na barriguinha dos bebês? Ela se movimenta conforme eles respiram, né? Isso acontece porque é instintivo, é natural e é o correto. Porém, ao longo da vida, somos reprimidos em diversas situações nas quais nossa postura física e psicológica se curva, contraindo órgãos internos, o que nos faz conter a respiração e as emoções.

Do ponto de vista fisiológico, a respiração torácica restringe a quantidade de ar que entra, diminuindo a quantidade de oxigênio absorvido pelos órgãos e dificultando a eliminação de toxinas. Só o cérebro precisa de cerca de 30% do O2 de todo o corpo. Então se você respira mal, recebe menos oxigênio que o necessário. Consequentemente, é natural que esteja sempre cansado ou cansada e não consiga explorar o máximo das suas capacidades intelectuais e físicas.

via GIPHY

Keep calm and respire

Exercícios respiratórios trazem resultados positivos na cura da ansiedade, stress, insônia, depressão e déficit de atenção. Seus efeitos são comparados aos de medicamentos psiquiátricos e atuam também na melhora do funcionamento do sistema cardiovascular, interferindo diretamente no humor e promovendo equilíbrio fisiológico. A prática frequente traz benefícios permanentes ao sistema nervoso central, mesmo quando você não esteja praticando, porque o padrão respiratório involuntário foi alterado. Você pode ainda ampliar a eficácia aliando à prática do yoga. Não vai doer nada, quer ver? Confira nossas dicas de métodos simples, indolores e grátis.

Comece com 1 minuto

Inspire, expandindo o abdômen, contando até 7. Retenha o ar por mais 7 segundos e solte lentamente contando até 7. Permaneça com o pulmão vazio, contando até 7. Agora repita o exercício 3 vezes e pronto! Você acaba de acalmar seu sistema nervoso, diminuir o stress, aumentar o estado de alerta e melhorar o sistema imunológico.

Sobrevivendo à ressaca

Quem nunca pulou uma boa noite de sono e foi de virada trabalhar ou estudar? Nessas situações, o corpo tende a processar ainda mais energia e parece que você vai apagar a qualquer momento. Incrível solução: a respiração acelerada (inspirar e expirar rapidamente pelas narinas fazendo barulho, movendo o abdômen para dentro e para fora). Esse exercício presenteia o organismo com uma dose extra de foco, força e atenção.

Respiração completa

O processo respiratório completo é dividido em abdominal, intercostal e torácico.

  • a respiração abdominal, ou baixa, é a mais profunda das três. Coloque as mãos sobre a barriga e ao inspirar, projete-a para fora, aos expirar, para dentro.
  • na intercostal, ou média, você apoia as mãos sobre as costelas, sendo que com o pulmão vazio, os dedos do médios se tocam. Ao inspirar, expanda as costelas (os dedos se afastam) e ao expirar, os dedos se tocam novamente. Evite movimentar a região abdominal e torácica.
  • a torácica, ou alta, é a respiração mais curta e pode ser complicado isolar o movimento. Coloque uma mão sobre o peito e outra próximo do coração. Ao inspirar, você projeta o alto do peito e, ao expirar, esvazia.
  • Na prática: a respiração completa integra essas três modalidades. Você inicia projetando o abdômen, depois preenche as costelas de ar e conclui com o peito. Para expirar, inverte o processo, esvaziando primeiro o peito, depois as costas e por último o abdômen.

Ficou com dúvidas? Confira o vídeo:


Respire!

Já que você não para nunca de respirar, os exercícios podem ser feitos em qualquer lugar: na fila do banco, no metrô, esperando a consulta médica, no banheiro e também quando você se depara com situações que desafiam sua paciência. Lembre-se que a reeducação respiratória vai devolver ao seu corpo todo o potencial de absorção de oxigênio necessário, contribuindo diretamente para o foco, desempenho, produtividade e, consequentemente, equilíbrio emocional e bem-estar. É você quem escolhe como quer se sentir.

E aí, como está sua respiração agora?

Pratique nossas dicas e conte pra gente. Queremos saber como está sendo essa experiência para você! 🙂

A InBeauty Brasil é uma empresa dedicada ao bem-estar, saúde e beleza das pessoas através de suplementos de vitaminas e minerais com alta capacidade de absorção. Acreditamos que um corpo bonito é um corpo bem nutrido e saudável. Clique aqui e saiba mais sobre os benefícios para você.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *